Símbolo dos cultos, vã sabedoria
Trabalha de noite, descansa de dia
Sobrevoa as casas, mora na igreja
Tem muito cuidado pra que ninguém a veja

Faz tanto tempo que eu quero escrever
Uma canção que fale da melancolia
Rasga mortalha chamam sem nem conhecer
Dizem que traz agouro pra qualquer família

Sofia, coruja vadia
Sofria de dislexia
Sofia, morava com a tia
Sofria e fugiu com uma gia

Olhos salientes, bico reduzido
Não quer nem saber de arrumar um marido
Penas bem cuidadas com shampoo Monange
Sabe ir atrás, não quer que ninguém arranje

Faz tanto tempo que eu quero entender
Por que ainda existe tanto preconceito?
Com uma pobre guardiã do anoitecer
Não vai sobrar uma coruja desse jeito

Sofia, coruja vadia
Sofria de dislexia
Sofia, morava com a tia
Sofria e fugiu com uma gia
E nunca mais voltou
E nunca mais voltou!


Vulva Di Karamuju paroles Sofia paroles traduction biographie chansons lyrics discographie clips videos mp3s